fbpx

Entidades fundadoras

A Itaka-Escolápios é uma rede internacional, criada e apoiada pela Ordem e pela Fraternidade das Escolas Pias, consolidada e com raízes locais, integrada na vida e na missão das Demarcações e Fraternidades das Escolas Pias, motivadora da Comunidade Cristã Escolápia e da sua obra evangelizadora, educativa e social, que atualiza os passos de S. José de Calasanz.

O nosso compromisso com a educação das pessoas mais desfavorecidas é a melhor forma de transformar o mundo e preparar um futuro melhor, a fim de que as novas gerações possam contribuir de forma responsável com o melhor de si próprias.

Acreditamos que é possível fazer um mundo como Deus planejou e que só nessa tentativa é que a vida passa a ter o seu pleno significado. É por isso que o nosso caminho é a educação, a proclamação da Boa Nova de Jesus e o compromisso de solidariedade no nosso meio ambiente, envolvendo toda a nossa vida.

O sonho de chegar a Ítaca, a ilha que não está em nenhum mapa, mas que guia todos os navegadores, é o que nos move. Mesmo que não cheguemos lá, a viagem é maravilhosa. Confiamos nos nossos companheiros de viagem e na possibilidade de a alcançar. É aí que sentimos a presença do próprio Deus.

 

Breve síntese histórica

  • A Associação ITAKA foi criada no dia 15 de Outubro de 1985 para proporcionar uma entidade e uma continuidade aos grupos de antigos alunos, a fim de obter subsídios e de cobrir os primeiros projectos (Gesto pela Paz, apoio aos lares de crianças…).
  • Em 1991, além de ser reconhecida como uma utilidade pública, foi também reconhecida como uma ONGD (ONG para o desenvolvimento) e acesso a subsídios de cooperação internacional.
  • Várias associações existentes (Associação Itaka, Mikel Deuna, Iturralde Eskola, Haurrak, Zaleki, Pottoka… e posteriormente Gazteragintza, Lurberri e Goizalde) uniram-se à Fundação Itaka – Escolápios no dia 8 de março de 2001, com duas entidades fundadoras: a Província de Vasconia e a Fraternidade Itaka.
  • A identidade, os objetivos e a organização estão estabelecidos nos Estatutos que foram modificados várias vezes para se adaptar à situação em qualquer momento.
  • No dia 28 de janeiro de 2005, em Barcelona, em uma reunião do Padre Geral, Jesús Lecea e os Provinciais da Espanha, é oferecida uma modificação da Fundação para formar um centro de recursos de cooperação para ajudar a missão das Escolas Pias onde quer que seja necessário.
  • No mesmo ano, foram assinados acordos com as Províncias e Fraternidades, assim como com outras presenças atuais da Emaús, e a Fundação se expandiu gradualmente com a criação de novas sedes para dar-lhe mais protagonismo e presença em cada lugar.
  • O reconhecimento oficial da mesma Fundação é buscado, na medida do possível, em outros países (também é realizada a transferência do Registro de Fundações do País Vasco para o Registro Estadual). Caso isso não seja possível, é criada outra entidade com o mesmo nome e propósitos similares, as quais estão vinculadas por acordos. O critério é ser a mesma entidade, mesmo que isso não seja legalmente possível.
  • No dia 16 de abril de 2011, a Congregação Geral reconhece a Fundação Itaka-Escolápios como uma realidade de integração carismática e jurídica coletiva, uma plataforma de presença e missão dos escolápios compartilhada institucionalmente entre as Demarcações e Fraternidades escolápias.
  • Em maio de 2012, foi realizado o I Conselho Assessor para apresentar a situação de Itaka – Escolápios e para avançar no envolvimento das Províncias e Fraternidades.
  • Em janeiro de 2015, o II Conselho Assessor ressaltou a riqueza das possibilidades da Rede e a necessidade de conhecê-las e aproveitá-las ao máximo.
  • A Congregação Geral e o Conselho Geral da Fraternidade elaboraram e aprovaram, no dia 9 de julho de 2015, a Carta Programática onde se define a identidade e a contribuição da Ordem, da Fraternidade e da Rede Itaka – Escolápios.
  • Em maio de 2018, no III Conselho Assessor foi dado um passo importante na internacionalização de todas as equipes para visualizar melhor a Rede e compartilhar responsabilidades.
  • Em outubro de 2018, foi realizada uma reunião em Madrid com os Superiores Maiores que têm a Fraternidade em sua Demarcação e posteriormente com aqueles que participam em Itaka – Escolápios para aprofundar a necessidade de incorporar ambas realidades na vida, missão e presença.
  • Em março de 2021, no IV Conselho Assesor, é elaborado um plano estratégico, focalizado no crescimento da dupla temática dos escolápios (Ordem e Fraternidade) e em sua missão conjunta.

 

Atualmente, a rede Itaka-Escolápios é formada pela Ordem das Escolas Pias através de sua Congregação Geral e a Fraternidade Geral através de seu Conselho Geral da Fraternidade, com a participação de doze demarcações e cinco fraternidades, todos com diferentes graus e áreas específicas de colaboração: