fbpx

Noticias

Crise humanitária em Moçambique

Há três anos, Cabo Delgado – a província do norte de Moçambique onde estão localizadas os escolápios- vem passando por um conflito armado que vem se agravando cada vez mais, com uma guerra que está devastando a região, causando morte, destruição e pessoas fugindo das áreas mais afetadas para as vizinhas.

A comunidade escolápia de Meza-Minheuene está vendo diariamente a chegada de famílias às dezenas, fugindo da guerra e procurando um lugar para se refugiar. Diante deste drama humanitário, eles estão fazendo o melhor para responder, acolhendo estas famílias e oferecendo ajuda através da paróquia e de Itaka-Escolapios, com alimentos e outras necessidades básicas. Estas palavras nos chegam de lá:

«A guerra em Cabo Delgado tem deixado muitos mortos, mais de 300 mil deslocados, muitas pessoas raptadas. Os que ficam nas aldeias “vivem aterrorizados e já preparados para fugir para o mato. Na fuga levam o mínimo possível: uma capulana, uma vasilha com água… ali dormem e ficam à espera do sinal de que já podem voltar… Um dos nossos colaboradores da rádio comunitária enviou uma foto da sua família que está escondida no mato… Recordo a canção: “Senhor, tende pena deste povo sofredor, tem gente que ainda aumenta a sua dor”…»